Ads Top

Viva o Grande Maestro Tom Jobim



Em 2018 é comemorado os 91 anos de umas figuras mais geniais que o Brasil já teve, seu nome Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, ou simplesmente Tom Jobim.

 Tom nasceu na Barra da Tijuca , no dia 25 de janeiro de 1927, marcado por uma grande coincidência musical. O médico José Rodrigues da Graça Melo, foi o mesmo médico que fez o parto do sambista Noel Rosa.

 Tom chegou a cursar o primeiro ano de arquitetura, chegou a trabalhar num escritório , mas logo desistiu e decidiu ser pianista. Segundo o jornalista Wagner Homem , escritor do livro Histórias das Canções- Tom Jobim ( 2012), Tom trabalhou com pianista da noite em boates e bares do Rio , entre eles Drink, Bambu Bar, Arpége , Sacha’s , Night and Day entre outros bares . Tom não gostava do trabalho,pois sempre tocava para bêbados e pessoas que não davam atenção para sua música, mas a vantagem desse emprego foi fazer novas amizades musicais. 


No ano de 1956, Tom conhece uma grande figura que iria mudar sua vida musical. Essa pessoa era o poeta Vinicius De Moraes, que nessa época estava montando uma peça de teatro, Orfeu da Conceição. Num primeiro momento as primeiras canções não agradou nenhum dos parceiros , mas após algum copo de uísque e logo as canções foram ganhando forma. Tom tinha apenas 29 anos quando fez parceria com o poeta. 


 No governo JK , um novo musical nasceu, era a Bossa Nova , canções que falavam sobre o amor , sorriso e a flor. Tom e Vinicius tiveram grande importância pois foi com a canção “Chega de Saudade”, interpretada pelo cantor João Gilberto que o movimento musical ficou conhecido. Mas a canção mais imortal e mais tocada , até hoje , chama-se Garota de Ipanema , que já foi gravada por grandes nomes como Frank Sinatra, Sarah Vaughan , Ella Fritzgerald , Stan Getz entre outros. 


 Tom teve grandes parceiros como Edu Lobo, Chico Buarque, Dorival Caymmi e com todos esses parceiros fez grandes canções que marcaram toda uma geração. Termino esse texto citando a canção “Para todos”: Meu maestro soberano foi Antonio Brasileiro. 

 Viva Tom Jobim!
Autor: Guilherme Ghirardelli
Jornalista, formado pela UNAERP
apaixonado pela cultura 
Celular (16) 99634-2409


CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share


Tecnologia do Blogger.