Ads Top

Você sabe o que é Mídia Programática?

      
Imagem: Adsplay



Mídia Programática x Mídia Tradicional




Mídia Programática, como o próprio nome sugere, é comprar mídia de forma programada. A definição é bem simples, porém as empresas/tecnologias que compõe o ecossistema da compra deixa a maioria das pessoas confusas. São siglas como: DSP, DMP, Ad Exchange, Ad Network, RTB e SSP. Antigamente a maneira de comprar mídia online foi herdada do offline, onde comprávamos inventário em Portais ou Publishers para atingir o público alvo. Por exemplo, se é preciso impactar pessoas que praticam esportes, com o modelo tradicional de compra, precisaríamos entrar em contato com pelo menos 20 portais para alcançar o target. Para veicular essa campanha precisaria enviar as “peças” para cada um deles e após a campanha, compilar um monte de relatórios para apresentar ao cliente. Além disso, receberia um monte de boletos entre outros processos que não facilitam o dia a dia de todos os departamentos envolvidos. Já com a mídia programática a forma de compra é simples. Você compra o target de pessoas que praticam esporte nas DMP's e Ad Exchange onde temos grandes empresas como Google, Microsoft entre outras, que funcionam como se fosse a bolsa de valores. Dessa forma, “todos” os donos de sites disponibilizam os seus inventários disponíveis nas Ad Exchange para serem comprados.



Imagem: Adsplay


A Ads play opera diversas campanhas para agências de publicidade e clientes diretos ajudando na meta de entrega de mídia digital. A mensuração dos resultados se dá através de um relatório unificando todos os portais, taxa de clique, impressões, cliques, visitas no site e taxa de clique de cada peça que foi exibida.
Para realizar a compra de mídia utilizamos a DSP (Demand Side Plataform) onde programamos a entrega nos portais de esporte conforme exemplo citado acima, buscando pessoas que praticam esporte através do Real Time Bidind (RTB) que é o leilão em tempo real. Nesse exemplo, a segmentação está muito aberta. Podemos restringir para homens ou mulheres com idade entre 25 e 30 anos que praticam esportes. Existem infinitas possibilidades de segmentações e poderíamos restringir muito mais, porém, quero apenas usar um exemplo de simples compreensão. O formato de compra dessa segmentação na DSP é por CPM (Custo por Mil) onde programamos um valor determinado e iniciamos a participação nos leilões dos sites de segmento de esporte e quem pagar o maior valor do CPM apresenta o seu banner para o usuário no período de navegação. Hoje quem opera a DSP são as Traiding Desks ou mesas de performance de agências que pagam um fee mínimo para obter a licença para operar a DSP. Dessa forma operam campanhas de diversos anunciantes. Nos próximos textos irei entrar com maiores detalhes e utilizarei cases para exemplificar e torna mais fácil o entendimento.
Boa Leitura!



CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share



Autor: Rodrigo

Há 10 anos atuando com Marketing Digital e
 Mídia Online, planejando as melhores estrategias 
para ajudar as marcas a se posicionarem no mundo digital =)

rodrigo@adsplay.com.br
Telefone:. (11) 96636-2982


Artigo Patrocinado



Tecnologia do Blogger.