Ads Top

Utilização da moeda bitcoin no mercado imobiliário

 Imagem: Pixabay



Aprenda mais sobre as criptomoedas e saiba como investir por meio delas

Estamos na era digital e, evidentemente, assim como as relações de comunicação passaram por uma evolução constante, também os setores educacionais, sociais, culturais e econômicos passaram por uma intensa transformação. 

Nesse quesito, o grande impulso que a tecnologia vivenciou nos últimos anos oportunizou aos consumidores não somente estar conectados e trocar informações em tempo real, mas também realizar a comercialização de bens e serviços em formato digital. 


Acompanhando essa tendência, o surgimento de um novo formato de dinheiro foi lançado como meio de pagamento e recebimento, especialmente para dar mais segurança e universalidade à monetização que acompanha as tendências de internet; assim surgiram as cripto moedas.



Como funcionam as criptomoedas


De maneira simples, podemos dizer que uma criptomoeda é um dinheiro digital, que pode ser negociada 24 horas por dia, por todos os sete dias da semana, ininterruptamente. Por isso, sua negociação se dá em plataformas online que podem ser acessadas pelos investidores a qualquer momento, de modo a aproveitar oportunidades de negociação de bens e oscilações cambiais. 


Geralmente, a compra de uma criptomoeda é realizada em dólar. E isso tem permitido a muitas pessoas ganhar dinheiro em momentos de alta, especialmente para quem vive em países que passam por crises financeiras. Afinal, as moedas digitais são uma opção segura de operação, uma vez que são aceitas no mundo inteiro e, principalmente, não podem ser confiscadas por nenhum Governo.



Como posso comprar e ganhar dinheiro com 

criptomoedas

Para comprar uma moeda digital, é necessário que o investidor interessado crie um endereço de bitcoin. Ele irá funcionar como uma espécie de poupança digital, onde as moedas estarão guardadas. Para gerenciar esse dinheiro virtual, assim como se gerencia uma conta bancária, existem empresas virtuais que dão todo tipo de suporte necessário ao cliente.


Para ganhar dinheiro com uma criptomoeda, geralmente os investidores as compram em momentos de baixa e as revendem em instantes em que estão em alta. Muitos deles utilizam alarmes de aplicativos instalados em seus computadores ou Smartphone, especialmente porque a transação precisa ser rápida e, às vezes, em questão de segundos pode-se perder uma boa negociação.



Tipos de criptomoedas


Diversas novas moedas virtuais, a cada ano, surgem no mercado financeiro digital para disputar espaço de mercado. E praticamente todas elas oferecem as mesmas vantagens em relação a outros tipos de investimento: liberdade de transação e independência em relação aos bancos. 


Dentre o leque de diversas opções, atualmente a cripto moeda mais e que também é mais conhecida se chama Bitcoin. O bitcoin surgiu no ano de 2009, e hoje é considerada a mãe das moedas virtuais. Ela usa a tecnologia “blockchain” e possui um sofisticado sistema de criptografia – proteção criada para assegurar aos investidores tanto autenticidade quanto validade de transações, que constantemente  são aperfeiçoadas num processo computacional complexo e de alto perfil de garantia de segurança.


Contudo, ela não é a única moeda digital existente. Plataformas financeiras especializadas, como a campeã de acessos, a Coin Market Cap, disponibiliza para negociação pelo menos 1.448 tipos de moedas virtuais, movimentando diariamente bilhões de dólares. Ali você pode encontrar outros tipos de criptomoedas tão famosas quanto a Bitcoin, como o Ether, a Cardano, a Litecoin, a Stellar, a NEM, a Ethereum Classic, a Monero, a Zcash, a Dogecoin e a Ripple, por exemplo. 


Cada uma dessas moedas possui diferenças singulares em relação à rapidez de compra, liquidez, monetização, criptografia de dados, sistema de operação financeira e disputam entre si a preferência dos investidores digitais ávidos por lucratividade. 


Para cada situação e possibilidade de compra e venda, alguma delas é  a ferramenta online ideal para ser monetizada rapidamente – e ganhar dinheiro com isso. Por isso, antes de comprar uma cripto moeda, é importante sempre conhecer bem seu perfil de lucratividade e regras de aquisição, transação e venda. 



As criptomoedas no mercado imobiliário


As cripto moedas são uma forte tendência do mercado imobiliário mundial. A mais famosa delas, a bitcoin, atingiu uma incrível valorização de mais de 900% no último ano, o que demonstra que seu uso no mercado imobiliário tem tudo para dar certo. 


É muito provável que, dentro de alguns anos, a compra e a venda de imóveis usando bitcoins seja algo considerado extremamente comum. Algumas imobiliárias em São Paulo têm se especializado em realizar esse tipo de transação, a exemplo do que já ocorre em cidades de alto capital e investimentos no setor de imóveis mundiais, como Nova York, Miami, Londres e Tokio, por exemplo.


Desde 2016, têm crescido as parcerias entre as empresas negociadoras de cripto moedas – em especial as bitcoin – e as imobiliárias. Algumas, inclusive, oferecem descontos significativos em suas comissões para compradores que utilizado a bitcoin em suas transações. Afinal, receber a moeda que mais dá lucro no momento, não é nada ruim, não é mesmo?!


Então, se você está interessado na compra de um apartamento à venda em Moema, por exemplo,  saiba que pela natureza deflacionária da bitcoin, começar a juntar pouco a pouco alguma dessas moedas digitais para, depois de algum tempo, fazer a compra de um imóvel, pode ser muito vantajoso. Justamente porque ter bitcoins o ajudará a ter mais lucratividade que outros tipos de investimento, como a poupança ou os tesouros diretos – mas é sempre necessário estar de olho nas transações e oscilações diárias, uma vez que em segundos tudo pode mudar!


Porém, pela tendência dos últimos anos, o uso da bitcoin no mercado imobiliário é uma grande sacada e ajudará a quem se dedicar às suas transações a juntar dinheiro mais rapidamente e, também, a economizar consideravelmente. E é justamente por isso que seu uso começou a ser um atrativo para cada vez maior a investidores interessados no mercado imobiliário.


Para os corretores de imóveis e as imobiliárias em geral, essa transição pode representar um ganho de dinheiro consideráveis, pois além das bitcoins gerarem bem menos custos transacionais, podem ainda eliminar toda a burocracia bancária por documentação extensa e, ainda, efetuar transações em bem menos tempo.


Agora que você conheceu um pouco mais sobre a utilização o da moeda bitcoin no mercado imobiliário, que tal divulgar este post aos seus amigos e familiares? Quem sabe algum deles esteja interessado nesse tipo de investimento, especialmente se deseja adquirir um imóvel brevemente! 


Autor
Amabilly Silveira


Boa Leitura!




CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share

Nenhum comentário:

Agradeço a sua participação!Parabéns

Tecnologia do Blogger.