Ads Top

Combater a ansiedade e estresse com cloreto de magnésio

Booking.com




 Cloreto de magnésio: O que é, para que serve e onde encontrar


O  cloreto de magnésio é um dos minerais mais importantes para o corpo humano, por participar de diversas funções como a síntese de proteínas e o transporte de energia.

Embora seja facilmente encontrado em diversos alimentos, como sementes, leites e vegetais, nem sempre é possível ingerir a quantidade necessária deste mineral. Por isso, muitas vezes, a suplementação se faz necessária.

Para que serve o  cloreto de magnésio  no organismo


Este mineral participa de várias funções no organismo e, quando ingerido na quantidade correta, traz benefícios como:

  •      Contração e relaxamento dos músculos.
  •      Prevenção de osteoporose;
  •      Melhora do desempenho físico;
  •      Participa da síntese de proteínas;
  •      Ajuda a controlar a pressão arterial;
  •      Melhora a digestão e, em alguns casos, diminui a azia;
  •      Auxilia no bom funcionamento do sistema locomotor;
  •      Estimula a fabricação e reparo de cartilagens, tendões, tecidos e ligamentos;
  •      Ativar o sistema nervoso central.
  •      Melhora a concentração;
  •      Diminui a ansiedade e estresse;
  •      Ajuda a regular o transporte de açúcar, o que o faz um aliado de quem tem diabete;
  •      Diminui o risco de cardiopatias ao ajudar a diminuir a quantidade de placas de gordura nos vasos sanguíneos

                         
Acabe agora com seu estresse
                    

Dose ideal de cloreto de magnésio que cada pessoa deve tomar


Embora cada organismo tenha uma necessidade, no geral, a quantidade de magnésio necessária, por idade, é a seguinte:

     Bebês até 6 meses: 30 mg
     Bebês de 7 a 12 meses: 75 mg
     Crianças de 1 a 3 anos: 80 mg
     Crianças de 4 a 8 anos: 30 mg
     Crianças de 9 a 13 anos: 240 mg
     Adolescentes de 14 a 18 anos: 360 mg
     Homens a partir dos 18 anos: 400–420 mg
     Mulheres a partir dos 18 anos: 310–320 mg
     Adolescentes grávidas: 400 mg
     Mulheres grávidas: 350–360 mg
     Adolescentes que estão amamentando: 360 mg
     Mulheres que estão amamentando: 310–320 mg

Alimentos que contêm  cloreto de magnésio


Na rotina diária é possível ingerir inúmeros alimentos que contêm cloreto de magnésio como:

     Frutas como uva, banana e abacate;
     Grãos como aveia, granola, gérmen de trigo;
     Sementes, nozes, gergelim, amendoim, girassol, castanha;
     Leite, iogurte e outros derivados;
     Soja, grão-de-bico, semente de abóbora, girassol;
     Pães;
     Peixes;
     Batata, beterraba, couve e espinafre.

Embora vários alimentos sejam fonte de magnésio para o corpo humano, nem sempre é possível ingerir na quantidade necessária. Nestes casos, a suplementação diária do mineral pode ser indicada pelo médico.

As cápsulas de cloreto de magnésio são facilmente encontradas em farmácias, casas de produtos naturais e até em locais que vendem suplementação para quem treina com frequência. Antes de ingeri-las, converse com o seu médico para que ele possa indicar a quantidade que mais se adequem às suas necessidades.






 Compre com Pag Seguro


Você conhece alguém que faz a suplementação de magnésio? 

Já tomou alguma vez? 

Conte pra gente nos comentários!


Boas Compras!

Redação e Pesquisa

CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share
Tecnologia do Blogger.