Ads Top

Bora Faturar ?



Imagem Freepik 



Como ganhar mais lucro em sua empresa?




Essa fórmula está em forma de fração o que quer dizer que você tem que dividir o valor que está no numerador pelo valor que está denominador.


PREÇO DE CUSTO TOTAL UNITÁRIO DO PRODUTO VENDA
VENDA = -------------------------------------------------------------------


1- (% DESPESAS DE COMERCIAL + % MARGEM DE LUCRO)
---------------------------------------------------------------------------------

100

Para chegar ao resultado, é preciso seguir os passos descritos a seguir:


1° PASSO - Somar os percentuais das despesas de comercialização.

Veja um exemplo:

Se um empresário paga 12% de ICMS, e 5% de COFINS e 3% de comissões aos seus vendedores sobre o faturamento da empresa, terá um total de despesas de comercialização de 20%.


2° PASSO - Definir a margem de lucro e somar às despesas de comercialização.

Suponha que o mesmo  empresário optou por uma margem de 15%. Somando essa margem às despesas de comercialização (de 20%), ele terá 35%.


3° PASSO - Veja que na fórmula, esse total da soma dos percentuais das despesas de comercialização e do lucro, deve ser dividido por 100.

Isso significa transformar o valor percentual em valor decimal. Então, 35% se transformará em 0,35 (35 dividido por 100)


4° PASSO - Agora é só calcular o resultado do denominador, que é:


1- Desp. de Comercialização + Margem de Lucro
100

Em nosso exemplo, a conta a ser feita é 1- 0,35 que é igual á 0,75
Então, o valor do obtido no denominador é 0,75.


5° PASSO - Por último, divide-se o valor do numerador (que é valor do custo total unitário do produto) pelo valor obtido no denominador.

Suponha que o custo unitário do produto daquele empresário seja R$10,00. O preço de venda de seu produto será:

                               PREÇO DE VENDA  = R$10,00
                                                                       0,75
PREÇO DE VENDA = R$13,33


Cobrando o preço de R$ 13,33 o empresário do exemplo terá um lucro de 15% em cada produto. E isso um lucro real, lucro limpo, já que ele embutiu no preço todos os custos serem recolhido sobre a venda.


É importante apurar os custo direitinhos e calcular o preço da venda a partir do custo total apurado. Mas há ainda um outro aspecto na definição de venda é fundamental.


Os cliente da sua empresa irão querer pagar o preço definido ?




Empresas sempre estão em um mercado onde haverá concorrentes e atendem-clientes de um determinado poder aquisitivo e com determinadas exigências. Então, é preciso conhecer o mercado, sabendo quando os clientes estão dispostos a pagar e quais são os preços da concorrência.



Na sua opinião, o que um empresário pode fazer para diminuir preços que sejam altos, em comparação com a concorrência?


Para diminuir preços altos, em relação à concorrência ou ao valor que o cliente dá ao produto, serviço ou mercadoria, o empresário pode:


● Diminuir os custos fixos totais;

Considerar um volume maior de produção (e vendas) para diminuir o custo fixo unitário;

Desperdícios de matéria-prima, aumentando a produtividade da mão de obra direta;

Diminuir a margem de lucro.



Se, ao calcular os preços de venda para empresa, você chegar a preços maiores que os da concorrência, você deverá se pergunta pelos motivos. Quais custos estão mais altos e por que ?



Pode ocorrer que os seus custos serão mais altos mas, por outro lado, a qualidade do seu produto (do serviço ou do atendimento) será maior que a da concorrência e, portanto, valerá a pena para o consumidor pagar mais caro. Talvez a localização de seu negócio permita cobrar mais caro.



Então, FIQUE ALERTA!


As decisões relativas à definição de preços estão ligadas às decisões de marketing da empresa. Você deverá tomar decisões financeiras sempre de olho nas características de seu segmento de mercado


Preço de Venda para Empresas do Comércio:



Para empresas do comércio, os especialistas recomendam uma fórmula diferente para cálculo de preço.

PREÇO DE VENDA  = CUSTO DA MERCADORIA

---------------------------------------------------------------------------------

1- (% CUSTOS FIXOS + DESP. COM. + % MARGEM DE LUCRO)
---------------------------------------------------------------------------------
                                                100

Quais as diferenças que você percebe nessa fórmula ?



Na parte de cima da fração, considera-se o custo da aquisição de uma unidade da mercadoria junto ao fornecedor, portanto, o custo variável unitário e não o custo unitário total. Os custos fixos da empresa passam a ser considerados na parte debaixo da fração, e o custos fixos unitário de um produto, mas os custos fico totais da loja.


O valor dos custos fixos totais deve se obtido em percentagem, como a margem de lucro e as despesas de comercialização. Para obter esse valor, você deverá :

     Estimar uma média de venda mensal da empresa, por mês;
     Somar os custos fixos de um mês (aluguel, salários fixos etc.);
     Calcular a porcentagem do faturamento do mês, que é necessário para cobrir os custos fixos mensais.


Veja um exemplo: Uma mercearia tem faturamento médio de R$ 3.100,00. Suponha que o total de custos fixos mensais da mercearia gire em torno de R$ 1240,00.


Esse valor é 40% do total do faturamento médio mensal. isso quer dizer que 40% do faturamento da empresa é gasto para cobrir os custo fixo do mês. Então, o valor a ser somado às despesas de comercialização e à margem de lucro seria 40%.


NA SUA OPINIÃO, POR QUE SE DEVE USAR ESSA FÓRMULA PARA CALCULAR PREÇOS DE PRODUTOS REVENDIDOS NO COMÉRCIO?


Imagine uma loja de roupas masculinas que venda uma infinidade de mercadorias de diversos custos de aquisição, desde mais simples até sofisticadas camisas de seda pura.


Seria racional ratear os custos fixos totais da loja entre as diversas mercadorias, atribuindo “fatias” iguais de custo fixo á mercadorias de valores tão diversos?


Pela lógica, o rateio deveria ser proporcional, com “fatias” menores para as mercadorias de menor valor. Sendo assim, o dono da loja de roupa masculinas atribuiria um custo fixo unitário para um par de meias bem menor que que para uma camisa de seda pura.


É nesse caso que deve-se usar a segunda fórmula de cálculo de preço. Calculando-se a porcentagem de custos fixos em relação ao faturamento médio da loja e colocando os custos fixos totais no denominador, você estará rateando os custo fixos totais proporcionalmente ao valor de aquisição da mercadoria.



Boa Leitura! 



O Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (Centro CAPE) é uma organização sem fins lucrativos que visa dar suporte ao micro e pequeno empreendedor. Fundado, em 1991, como um departamento da Central Mãos de Minas, em 1994, tornou-se uma instituição independente.
CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share
Tecnologia do Blogger.