Ads Top

13 dicas e 10 regras para um bom projeto de naming para empresa



Imagem freepik


Naming significa  um  planejamento de uma construção de uma marca no mercado (Branding)* que tem uma das tarefas árdua e desafiadora do marketing: consolidar e nomear marcas no mercado, produtos e serviços, interpretar sua característica de um modo mais importante e peculiar e total sentimento com o cliente e princípios éticos e profissionais. Uma boa marca também influirá no bom posicionamento e em seus valores. Um dos principais requisitos é estruturar a identidade visual e definir o nome que a acompanhará para toda a vida sem qual problema futuro com mercado, raça, credo, ou cultura ou política ou no mercado mundial.


 13 Dicas para o processo de criação da marca:



1 Como o nome vai ser usado ?

Quais os contextos de marketing que o nome será usado, como por exemplo: websites, panfletos, atendimento por telefone, etc...

2 O que você vende ?

Queremos saber do que exatamente se trata a sua empresa. Quais produtos ou serviços, especificamente, sua empresa oferece aos seus clientes? Qual é o carro-chefe? Quanto mais completa a lista, melhor.

3 Em que segmentos você está competindo?

Parece simples, mas as melhoras respostas talvez não sejam imediatamente óbvias. Por exemplo, se você está introduzindo uma nova bebida saudável feita com café, sua concorrência pode incluir desde marcas que fabricam bebidas saudáveis, até bebidas com sabor de café e energéticos. Ou talvez você queira restringir o campo do seu foco. É sua decisão estratégica saber onde seu produto se encaixa melhor e quais categorias você quer assumir. Em outras palavra: em que categorias você se encaixa e, onde o seu público iria se não fosse sua empresa?

Qual é sua história?

Esta pergunto é muito importante para entendemos suas motivações e visão de mundo. Queremos saber como você foi parar aí onde está e o que motiva você a criar/mudar de negócio. Em que ano começou a trabalhar neste setor e porquê? Se você tiver alguma gistória específica, uma pessoa, um lugar tudo que pode ser uma inspiração de nome. O que tem de mais interessante em trabalhar nesta área ? Como seu negócio vai melhorar a vida das pessoas/empresas?

5 Quem são seus concorrentes e que tipo de nomes eles estão usando?

Se você montar uma lista bastante completa de concorrentes (tente se lembra do máximo possível, para complementar nossa pesquisa), muitas vezes poderemos identificar padrões de nomes dentro do espaço da sua indústria. Isso vai nos ajudar a identificar áreas de oportunidade; os tipos de nomes que não estão sendo usados na sua categorias e possuem as melhores chances de diferenciá-lo

6 Quem você quer seus clientes?

Você está vendendo para clientes comuns, ou clientes empresariais? Adolescentes ou pré-adolescentes? Grandes e reconhecidas empresas ou lojinhas de esquina? Quanto mais focado e claro for seu público, mais fácil será atingi-los

7 O que tem de diferente em você que seus clientes se importarão?

MUITA ATENÇÃO! Esta pergunta é a mais importante do briefing, portanto pedimos que se dedique especialmente para responde-la. Muitas empresas ficam tão envolvidas em expressar todas as coisas que compõe a sua marca que acabam não expressando nada em particular. Queremos saber aquelas coisas que você faz bem que seus concorrentes NÃO fazem – e que são importantes para as pessoas que você quer alcançar. Evite termos como “qualidade” e “excelência”, pois são muito genéricos e vazios. Se você não estava pensando em colocar uma destas opções, lhe perguntamos: o que significa “excelência” no seu negócio/produto/serviço? Na ZBRA, nosso diferencial é criar nomes humanos e provocativos, além de ser especializada em Naming, enquanto os concorrentes tentam fazer um pouco de tudo. Afinal, o que torna você diferente dos seus concorrentes? Que característica você tem que os outros não tem? Oque os seus consumidores vão encontrar no seu negócio, que não vão encontrar em nenhum outro?

8 O que você quer que o nome comunique?

Velocidade é um atributo chave da sua marca? Precisão? Talvez seu produto possua um formato realmente incomum. Ou talvez você veja sua empresa como algo que você está forjando um caminho dentro de territórios desconhecidos, da mesma forma que heróis míticos. Embora os temas da mensagem possam mudar uma vez que o processo criativo se inicia, é sempre bom termos algumas ideias iniciais, que são relevantes para a sua marca e seus públicos

9 Que tonalidades parecem mais apropriadas?

Queremos saber que tipo de tonalidade lhe parece mais apropriada para o nome da sua marca. Quais das opções abaixo você considera mais próximas da personalidade da sua marca? As tonalidades que você escolher refletirão no tipo de nome que criaremos para o seu negócio. Seleciono, no máximo, 4 tonalidades!

(Quanto mais focada a personalidade, melhor será o resultado).

Suave
Energética
Agressiva
Ousada
Inteligente
Tecnológica
Rústica
Inovadora
Clássica
Amigável
Masculina
Feminina
Delicada
Ambiciosa
Adulta
Inspiradora
Jovem
Aventureira
Caseira
Requintada
Acessível
Irônica
Divertida
Conservadora
Cética
Extrovertida
Discreta
Imaginativa
Sonhadora
Sólida

10 Você está aberto a palavras derivadas de outras línguas?

Por exemplo, a língua francesa pode transmitir um certo requinte (como em Itaú Personnlité). Suaíle é divertido e vívido (Suco Jamba, por exemplo). Palavras em latim tendem a soar mais estáveis e tradicionais (Celatti e Cristallo, por exemplo)

11 Existem restrições legais ou linguísticas?

Isso inclui qualquer palavra que você não pode utilizar por questões legais. Ou países em que seu nome vai sobrevoar.

12 Tipos de nomes

Para chegarmos ao melhor resultado de nome é imprescindível saber quais são seus tipos de nomes preferidos. Assinale abaixo as categorias de nomes que você gostaria de ver na sua empresa.

Compostos (Exemplos: Peixe Urbano, Coca Colam Montana Metal, Diamante Negro, Casas Bahia, Elma Chips, Rede Globo, Quatro Rodas, Ponto Frio, NetShoes)

Frases (Exemplo: China in Box, Do Bem, Café do Ponto, Contém 1g, Vivenda do Camarão, Fogo de Chão, Casa do Pão de Queijo)

Mistura (Exemplo: Brastemp, Consul, Embratel, LocaWeb, TecToy, Nescau, SuFresh)

Palavras Estragenrias (Exemplo: Cielo, Itaú, Lupo, Grow, Hering)

Palavras Reais (Exemplo: Devassa, Abril, Alpino, Extra, Sadia, Havaianas, Centauro, O Boticário, União, Vivo, Tigre)

Palavras Modificadas (Exemplo: Kibon, Tok&Stok)

Nome Próprio (Exemplo: Gillete, McDonalds, Bobs, Gerdau, Dudalina, Pão de Açucar)

Siglas, Inicias, Acrônimos (Exemplo AM/PM, AVG, CBN. TAM)

Numerais (Exemplo: 7UP, 5 à Sec, 3 Corações_

Palavras Afixadas (Exemplo: Suquita, Imaginarium)

Inventado/Origem Obscura (Exemplo: Jontex, Kodak, Skol, Hopi Hari, Victa, Zoomp, Kuat)

13 O domínio virtual será necessário?

Se a resposta é sim, considere se você vai precisar do domínio exato do nome. Na maioria das vezes você poderá adicionar, sem problemas, um descritor de algum tipo ao lado do nome, ou adicionar uma palavra antes dele, com propósitos de conseguir um domínio virtual disponível. Por exemplo, a livraria Cultura possui o domínio livrariacultura.com.br, e não cultura.com.br.

Nomes Favoritos

Por fim, lhe pedimos que seleciona quaisquer observações ou informações importantes para a realização do trabalho. Caso você já possua idéias (do que quer ou do que não quer), descreva-as aqui.

10 Regras do processo de criação da marca:


  • Regra 1 – ser curto, fácil de prenunciar/escrever.
  • Regra 2 – ser neutro a problemas/organizações da sociedade e da cultura envolvente.
  • Regra 3 – adequado ao que pretende vender.
  • Regra 4 – de fácil memorização.
  • Regra 5 – não deverá ser descritivo.
  • Regra 6 – não pode ser contraditório.
  • Regra 7 – deve de ser lícito (permitido por lei).
  • Regra 8 – ser verdadeiro quanto ao seu conteúdo.
  • Regra 9 - estar disponível (não esquecendo a internet).
  • Regra 10 – ser pronunciado em todos os lugares iguais (pensar no futuro)

Boa Leitura!


Autor
Matias Júnior
Analista e consultor de Marketing Digital


CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share

Tecnologia do Blogger.