Ads Top

Micose de unhas tem tratamento?





Micose de unhas: causas, sintomas e tratamento


Unha esbranquiçada, com aparência estranha e espessa? Cuidado, pode ser micose de unhas. Também conhecida popularmente como unheiro ou cobreiro, trata-se é uma infecção causada por fungos. Se não tratada, torna-se um problema que vai muito além da parte estética, pois pode se espalhar para os dedos, mãos e pés.
Dependendo do fungo que a causa, ela é altamente contagiosa, sendo transmitida, principalmente, através do uso de objetos pessoais contaminados, cortadores de unhas, alicates de unhas, tesouras, entre outros.
O tratamento existe e quanto antes for feito, menor o dano para as unhas. Fique atento aos sintomas e evite a micose nas unhas.

Quais os sintomas de micose de unhas?

Muitas vezes tudo começa com a micose na pele, que acaba chegando às unhas. Embora os sintomas possam variar, de acordo com o fungo que está causando a doença, no geral são:
     Mudança na cor da unha: esta é uma das alterações mais notadas. As unhas ficam esbranquiçadas ou até amareladas. O aspecto diferente costuma chamar a atenção;
     Manchas: às vezes, a mudança na coloração das unhas não é completa e a pessoa nota algumas manchas esbranquiçadas em parte dela;
     Deslocamento: os cantos das unhas começam a ficar mais soltos, deixando um espaço oco. Nele, as bactérias e fungos ficam acumulados;
     Deformidades: em alguns casos, as unhas ficam mais onduladas, enfraquecidas ou quebram com mais facilidade;
     Espessamento: as unhas podem ficar mais grossas e opacas, quando acometidas por micose;
     Dor: em casos mais graves, quando o tratamento não é feito, o odor pode ficar ruim e a pessoa pode sentir dor. Há casos em que há a presença de pus.




Micose da unhas de mão  avançada 



Micose da unhas  de  pé avançada 


Como é o tratamento da micose de unhas?


Quem tem um ou mais sintomas que podem sugerir a presença de fungos nas unhas, precisa procurar um médico, preferencialmente um dermatologista. O tratamento vai depender o estágio da infecção e das lesões causadas.
Atualmente, é possível realizar tratamentos com spray, cremes, pomadas e até esmaltes antifúngicos. Em vários casos, os médicos também prescrevem antifúngico oral.
O período de tratamento varia de acordo com o fármaco escolhido e com a lesão encontrada, podendo durar uma semana a mais de um mês. É importante que, mesmo com os sintomas tendo diminuído ou sumido, a pessoa que tem micose nas unhas continue tratando para que o fungo seja totalmente eliminado. Caso pare antes do tempo, a micose de unhas pode voltar e ainda mais intensa.




Como evitar?

Os fungos estão em toda a parte e é necessário ter cuidados de higiene para que eles não se instalem no corpo. Veja o que fazer para evitar:
     Mantenha os pés limpos e secos;
     Evite ficar com calçados molhados;
     Mantenhas as unhas cortadas e limpas;
     Evite usar alicates, cortadores, lixas de unha de outras pessoas. Caso precise, eles devem ser esterilizados.

O melhor é evitar as micoses de unha, mas caso não consiga, procure o médico assim que notar o primeiro sintoma. Quanto antes começar o tratamento, menores serão os danos.




 Comece agora seu tratamento de micose


    Gostou de saber mais sobre micose de unha? Acha que este tema pode ser interessante para os amigos? Então compartilhe nas redes sociais!

Boa Leitura!

  Redação e Pesquisa:





CURTA, COMENTE, COMPARTILHE...
Share
Whatsapp  (16) 99137-4290  - Gestor - Daniel Gomid
Tecnologia do Blogger.