Ads Top

Teste de auto controle para separar uma seleção

Booking.com


Empresas aplicam ferramentas que avaliam a inteligência emocional de candidatos e funcionários 


Programas que ajuda a desenvolver a inteligência emocional para evitar que funcionários percam a cabeça em nome das metas são um dos principais investimentos das empresas em tempo de crise.

Boa parte delas usa o conceito em testes tanto para identificar lideranças potenciais quando para desempatar uma seleção.

O conceito de inteligencia emocionais está relacionando à capacidade do indivíduo de conhecer, analisar e gerir bem as próprias emoções.

A teoria  foi desenvolvida pelo psicologo e escritor norte americano DANIEL GOLEMAN e popularizada a parti da publicação de seu primeiro livro sobre o tema, em 1995, que virou um Best-Sellers.

" No Brasil, o uso dessas estratégia cresceu nos últimos cinco anos, quando as empresas passaram a ver que custa caro fazer contratações e promoções precipitadas . E a maioria das demissões ainda é causadas por mau comportamento" , afirma Sócrates Melo, gerente regional da consultoria de RH Randstad.

Tem varias empresas, multinacionais do setor de bebidas e outras, adotou método há três anos. Para novos líderes, além de aplicar o questionário, oferecer um programa de coaching.    

Simplificando Demais

Se a ideia é estourar menos, é preciso equilibrar melhor a balança ente a vida e trabalho, segundo o pedagogo "JOSÉ AUGUSTO MINARELLI", especialista em transição de carreira para executivos.

" O profissional precisa ter formas saudáveis de descarregar o stress após o trabalho. Quem está bem tende a se relacionar melhor com todos a sua volta" , afirma.

Fatores externo também influência no resultado do teste, contrapões "Tânia Casado", doutora em administração e professora da USP.
"Uma alta pontuação não significa que o candidato sempre agirá de forma emocionalmente inteligente. Por isso, levantamentos do tipo podem ignorar questões importantes, simplificando demais um diagnóstico complexo." 

Fonte: Anna Rangel de São Paulo

Descubra seu grau de inteligência emocional
Responda SIM ou Não às questões abaixo de forma espontâneas e rápidas:
  • 01 - Tenho facilidade para tomar decisões com rapidez
  • 02-   Demonstro os meus sentimentos autênticos na frente dos outros
  • 03-   Costumo me divertir em atividades sociais
  • 04-   Acredito na minha intuição
  • 05-   Mantenho contato com pessoas que me fazem sentir inferior, culpado e com vergonha
  • 06-  Percebo com facilidade o que os outros esperam de mim
  • 07-  Sinto que tenho equilíbrio entre pensar e agir
  • 08-  Tenho facilidade para lidar com pessoas diferentes de mim
  • 09-  Encaro bem  situações que me causam mal-star
  • 10- Sinto que compreendo minhas emoções e sei quando usar cada uma delas  




"Habilidade analisadas nos testes." 
Autopercepção /  Autoexpressão / Competência Interpessoais / Tomada de Decisões / Gerenciamento de  Estresse

"Auto Percepção"
Envolve os conceitos de autoestima, autorrealização emocional. 
É a capacidade que uma pessoa tem de compreender seus pontos fortes e fraquezas e de buscar evolução contínua. O teste também procura mensurar se a pessoa compreende seus próprios sentimentos


"Auto Expressão"
Pode ser definida como a habilidade de informar aos outros e a si mesmo sobre seus sentimentos, seja  verbalmente ou por meio das atitudes e da linguagem corporal. Os testes também consideram a assertividade (Capacidade de se comunicar e defender ideias) e a independência da pessoa ao tomar decisões


"Competência Interpessoais"
É a capacidade de alguém em desenvolver e manter relações benéficas com os colegas e amigos. Nesse quesito também são levadas em conta a empatia da pessoa (que envolve não apenas compreender os sentimentos dos outros, mas também articular opiniões que respeitem as emoções alheias) e sua preocupação em contribuir com o bem - estar da sociedade.


"Tomadas de Decisões"  
Habilidade de contornar adversidades mesmo quando há emoções envolvidas. Quem consegue se distanciar do problemas e enxergá-lo com objetividade, sem criar desculpas, leva vantagem nesse aspecto.
Os teste consideram ainda a capacidade de conter impulso e evitar decisões imprudentes


"Gerenciamento de estresse"
Envolve os conceitos de flexibilidade, tolerância ao estresse e otimismo. Quem tem essa competência consegue se adaptar mais facilmente a circunstância ou ideias imprevisíveis e não cede ao nervosismo nem perde a esperança.

Fonte: Fellipelli Consultoria


                                             Fonte:

Tecnologia do Blogger.